Notícias
Voltar
Internazionale
O clube de todos em Milão

O Football Club Internazionale Milano nasceu em 9 de março 1908, oriundo de uma cisão do Milan Cricket and Football Club, que mais tarde ficou conhecido como AC Milan.  Um grupo de italianos e suíços, no total quarenta e quatro pessoas, insatisfeitos com a expulsão dos jogadores estrangeiros do Milan, saíram e fundaram um novo clube, que, fazendo jus ao nome Internazionale, desde o primeiro momento defenderam que a Inter estava aberta a todas nacionalidades.

Giuseppe "Peppino" Meazza, herói nerazzurri, estrela maior e o grande ídolo da história interista, autor de 241 gols em 348 jogos, que fora fundamental na conquista do scudetto de 1929-30, brilhou durante a década, tanto com a camisa interista, como com a camisa da seleção, com a qual foi bicampeão do mundo em 1934 e 1938.

Em 1960, Helenio Herrera chegava proveniente de Barcelona para mudar para sempre a história da Inter. O "Mago", como ficou conhecido na Itália, trouxe consigo o astro espanhol Luis Suárez, à volta do qual criou uma equipe fortíssima que dominou o futebol italiano e o europeu.

Para a história, a equipe de Herrera ficou conhecida como "A Grande Inter", uma grande equipe, onde além de Suárez, brilhavam "gigantes" do calcio como Facchetti, Burgnich e Mazzola. Herrera adaptou o Catenaccio, muito em voga na Itália, colocando no eixo da defesa um homem mais recuado que os zagueiros, posição conhecida na gíria como líbero. O capitão Armando Picchi era o escolhido, jogando por norma atrás de Burgnich, Guarneri, Bedin e Facchetti. 

A Grande Inter ficou na história como uma era dourada. Sob a presidência de Angelo Moratti e a liderança visionária de Helenio Herrera, a Inter conquistaria dois Mundiais de Clubes e duas Uefa Champions League.

Texto: Felipe Mendonça

Foto: Reprodução







© 2021 PLAY ENTRETENIMENTO FUTEBOL CLUBE - Todos os direitos reservados.