CLUBES
Voltar
Dinamo
(Os Branco Azulados)
Fundação: 13/05/1927

O Dínamo de Kiev da Ucrânia foi fundado no dia 13 de maio de 1927. Maior do que as marcas de seus títulos e ídolos está a história da resistência e da coragem de seus homens que enfrentaram o nazismo.

Em 1922, a Ucrânia foi incorporada à União Soviética e conheceu de perto os horrores da ditadura de Stalin. Como diz o ditado, nada está tão ruim que não possa piorar e, contrariando um acordo de não agressão, a Alemanha invadiu a União Soviética e suas tropas acabaram ocupando a Ucrânia.

Grande parte da população foi aprisionada, escravizada e enviada para campos de concentração. Dentro do caos vivido em 1942, jogadores do Dinamo Kiev, todos funcionários de uma padaria, resolveram mudar o nome do time para FC Start. Com o apoio dos nazistas, iniciaram um campeonato de futebol, dando um pouco de alegria ao povo ucraniano.

O Start ganhou todas as partidas que disputou, contra times ucranianos e de outros territórios ocupados. As coisas começaram a mudar quando o rebatizado Dinamo jogou contra o time de uma unidade militar alemã e saiu vitorioso, com uma goleada de 6 a 0. Em seguida, uma nova partida. Desta vez, contra os membros da Luftwaffe, a força aérea alemã. Nova vitória do Start, por 5 a 1.

A revanche estava marcada para três dias depois, e o estádio Zenit lotado. Os jogadores ucranianos foram forçados a fazer a saudação nazista antes da bola rolar, mas contrariaram as ordens e gritaram “Fizsculthura”, uma mistura de Fitzculthura (cultura física) com “hurra” (vida longa ao esporte).

O jogo foi uma loucura, com os alemães maltratando os ucranianos durante toda a partida. Mesmo assim, o Start venceu o adversário por 5 a 3. Apesar da vitória, os jogadores não comemoraram, temendo represálias. Dias depois do jogo, a Gestapo foi até a padaria e prendeu toda a equipe. Quatro jogadores morreram e o restante foi torturado, não voltando jamais a jogar futebol. Depois da guerra, e de mais uma derrota dos nazistas, o time voltou a se chamar Dinamo de Kiev.

Estádio Olímpico de Kiev
By PavloFriend - Trabalho próprio, Domínio Público, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=5046297

No início do século 20, as frutas e os legumes frescos que abasteciam o Palácio Mariyinsky, em Kiev, capital da Ucrânia, eram cultivados em diversas estufas organizadas em um grande campo. Foi neste mesmo espaço que, pouco depois, construíram-se diversos campos para a prática de atividades esportivas, como futebol, basquete, vôlei e handebol.

Em pouco tempo, as estufas foram recolhidas e deram lugar a um complexo esportivo com infraestrutura necessária para o desenvolvimento das modalidades.

Em 1934, o terreno transformou-se definitivamente no estádio do Dinamo de Kiev, com capacidade para 23 mil pessoas. Com a Segunda Guerra Mundial (1939-45), o estádio foi destruído. Mas em 1956, a estrutura foi reconstruída, com suas quadras de basquete e de vôlei, piscinas e quadras de tênis.

O complexo permaneceu inalterado até 1990, quando foi resolvido que o espaço seria dedicado exclusivamente ao futebol. Desde então, sua capacidade foi reduzida para pouco mais de 16 mil pessoas e o estádio foi rebatizado com o nome de uma lenda do futebol ucraniano: Valeriy Lobanovsky, que atuou como jogador e treinador do Dinamo de Kiev.





© 2018 PLAY ENTRETENIMENTO FUTEBOL CLUBE - Todos os direitos reservados.