CLUBES
Voltar
Bayern de Munique
(Os Bávaros)
Fundação: 27/02/1900
O Gigante da Baviera

Os frequentadores do Café Gisela, em Munique, não imaginam que foi ali, no dia 27 de fevereiro de 1900, que nasceu uma das maiores equipes de futebol do planeta. Cansados das condições a que tinham que se submeter no clube em que jogavam, Franz John e mais dez colegas se reuniram para tratar da fundação de um novo clube. Nascia o FC Bayern de Munique, que primeiramente se chamou Schwabinger Bayer.

O início da trajetória do time foi difícil. Seus integrantes tiveram que realizar parcerias e acordos para continuar a desenvolver o futebol e outras modalidades esportivas, principalmente no período do Terceiro Reich (1933-45), governo nazista liderado por Adolf Hitler.

Nesta época, o clube viu o afastamento de importantes quadros de sua estrutura: o presidente Kurt Landauer e o treinador da equipe, Richard Dombi, ambos judeus. Além disso, a Alemanha sofreu sanções no pós-guerra, o que deixou o futebol do país em frangalhos.

A Bundesliga só foi criada em 1962, quando passou a comandar o futebol alemão profissional. O Bayern começou a disputá-la em 1965, e o primeiro título veio três anos depois, na temporada 1968/69. Parece que o período difícil estava acabando, coincidentemente após a chegada de um garoto chamado Franz Beckenbauer, que brigou no seu clube e desembarcou para jogar em Munique em 1964. Se juntavam a ele um goleiro de nome Sepp Maier e um centroavante conhecido como “O Pequeno Gordo”, chamado Gerd Muller. Mais tarde, a alcunha seria trocada para “Torpedo Muller”.

Com essa espinha dorsal, os Bávaros, apelido do clube, foram tricampeões europeus nas temporadas 1973/74, 1974/75, 1975/76 e campeões do mundo em 1976, batendo o Cruzeiro. A partir desse período, o Bayern se acostumou a levantar taças, sempre com administrações competentes e grandes jogadores, que após temporadas vencedoras acabaram se tornando lendas do clube. Sem dúvida, o Bayer é o maior vencedor de toda a Alemanha.

 

Allianz Arena
Por Maximilian Dörrbecker (Chumwa) - Obra do próprio, CC BY-SA 2.5, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=2266842

O Gigante da Baviera desfilou seu futebol e seus craques durante 33 anos no Estádio Olímpico de Munique. Na inauguração do Olímpico, em 26 de maio de 1972, Gerd Muller, “Der Bomber”, centroavante eterno do Bayer, marcou quatro gols pela seleção alemã em uma partida contra a União Soviética. Além da seleção e do Bayern, o Munique 1860 também utilizava o estádio para mandar seus jogos.

Isso até 2005, quando ficou pronto o Allianz Arena, localizado na parte norte da Baviera, no distrito de Frottmaning. Assim como acontecia com o Olímpico, o Allianz também recebe jogos da seleção alemã e do Munique 1860. Mas, ao contrário do primeiro, o Bayern é dono de 100% do local, pois comprou a parte do Munique no ano seguinte à inauguração do Allianz. Mesmo assim, o Munique ainda manda seus jogos lá, parte de um acordo de cavalheiros após a aquisição pelos Bávaros.

Considerado um dos mais bonitos estádios do mundo e exemplo de arquitetura, o Allianz é o camaleão dos estádios. Fica branco quando joga a seleção nacional, vermelho quando joga o Bayern, azul quando joga o Munique e vermelho e azul quando há o clássico local.  





© 2018 PLAY ENTRETENIMENTO FUTEBOL CLUBE - Todos os direitos reservados.