CLUBES
Voltar
Náutico
(Alvirrubro, Timbu)
Fundação: 07/04/1901

O Náutico surgiu nas águas, em 1898, quando dois grupos de remo, que eram adversários no Recife, resolveram se juntar e fundar um clube. Os grupos se enfrentavam em regatas no rio Capirabibe. Um deles era liderado por João Victor Alfarra, enquanto o outro era composto por funcionários de armazéns do Centro da capital pernambucana.

A união se tornou oficial em 7 de abril de 1901, quando os remadores criaram o Clube Náutico Capibaribe. O futebol apareceria alguns anos depois. Foi em 1905 que o clube montou um time e decidiu estrear no esporte bretão. A equipe jogava todos os domingos, mas só realizaria sua primeira partida oficial em 1909. Nesses primeiros anos, o remo ainda era o protagonista no Náutico.

Somente em 1916 o clube passou a integrar a então Liga Sportiva Pernambucana, que reunia os clubes do estado em campeonatos locais. Na década de 1930, o clube se tornou profissional e, a partir daí, os títulos nunca mais deixaram de ser conquistados.

Na década de 1960, o alvirrubro se destacou nacionalmente. Vice-campeão da Taça Brasil em 1967, foi hexacampeão pernambucano entre 1963 e 1968 ― marca que ainda não foi superada por nenhum outro time do estado.

Como diz o frevo de Nelson Freire, “em Pernambuco, no Nordeste do Brasil, o meu Timbu já demonstrou ser o maior. Eu não sou tri, eu não sou penta. Eu sou é hexa. N-Á-U-T-I-C-O”.

Palco
Portal da Copa/Site do Governo Federal Brasileiro sobre a Copa do Mundo da FIFA 2014

O primeiro estádio do Náutico começou a ser construído em 1936. Localizado no bairro recifense dos Aflitos, o Estádio Eládio de Barros Carvalho ― nome de um importante presidente do clube ― foi inaugurado em 25 de junho de 1939. Em sua primeira partida na casa nova, o Náutico venceu o Sport por 5 a 2.

Naquele palco, sempre chamado de Estádio dos Aflitos, o Náutico desfilou seu futebol por mais de 70 anos. Em 2013, o time passou a mandar seus jogos na Itaipava Arena Pernambuco, construída em São Lorenço da Mata, município da região metropolitana do Recife, segundo os rigorosos critérios do futebol internacional.

O primeiro jogo da nova casa foi realizado no dia 22 de maio de 2013, quando o Náutico empatou com o visitante Sporting Lisboa em 1 a 1. Com capacidade para 46 mil pessoas, a Arena foi um dos palcos da Copa das Confederações 2013 e da Copa do Mundo 2014.

Enquanto o time deslancha no novo palco, a antiga sede do Náutico continua intacta, abrindo suas portas, que testemunharam a história do time, para treinos e também para competições de outras modalidades.





© 2018 PLAY ENTRETENIMENTO FUTEBOL CLUBE - Todos os direitos reservados.