CLUBES
Voltar
Shaktar Donetsk
()
Fundação: 24/05/1936

Alexei Stakhanov foi um herói da antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Mineiro que trabalhava na mina de carvão de Donbass ― localizada na Ucrânia, então parte da URSS ―, ele defendia o aumento da produtividade operária com base na força de vontade dos trabalhadores. Certa vez, ele conseguiu extrair 102 toneladas de carvão em um único dia, superando 14 vezes a cota diária. Foi assim que nasceu o movimento chamado Stakhanovismo, que fez Stakhanov se tornar uma lenda.

Mas o que esse cidadão tem a ver com futebol? Foi em homenagem a ele que nasceu o Shaktar Donetsk, inicialmente batizado de Stakhanovets, em maio de 1936. O time foi criado na bacia carbonífera Donbass e sempre foi motivo de orgulho dos operários da região. No início da trajetória do clube, a produção nas minas de carvão, nas siderúrgicas e nas fábricas aumentava quando a equipe vencia.

O primeiro grande desempenho do time aconteceu em 1951, quando o clube, já chamado de Shaktar (“mineiro”, em ucraniano), alcançou o terceiro posto no campeonato russo. No início da década de 1960, foi finalista da Copa da Rússia três vezes, saindo vencedor em 1961 e 1962. Por conta dos títulos e do bom desempenho na disputa, começou a ser chamado de “Time da Copa”.

Os anos seguintes reservariam mais glórias para o time, que teve bons desempenhos no campeonato russo em 1975 e 1979, o que o levou a representar o país em competições europeias. Em 1984, veio o título da Supercopa da Rússia. Antes disso, mais dois da Copa da Rússia: 1980 e 1983. Em 1991, houve a dissolução da União Soviética e os “mineiros” tomaram conta dos títulos ucranianos, levando o Shaktar à posição de melhor time da Ucrânia. Foram seis títulos nacionais, sete Copas da Ucrânia e mais três Supercopas.

Em 2009, o Shaktar venceu a Copa da Uefa, batendo na final o Werder Bremen por 2 a 1. Após a vitória, conquistada pela primeira vez no futebol ucraniano, a temporada 2012-2013 reservou ótimos momentos para o time. Uma longa quebra de recordes, que teve início com a conquista de mais uma Supercopa e com a invencibilidade no primeiro turno do campeonato ucraniano, quando o time alcançou as mais longas séries de conquistas, somando 24 jogos ganhos, e de gols consecutivos: 34.

Fatos que o levaram a liderar todo o campeonato e a terminar campeão com quatro rodadas de antecedência e 13 pontos de vantagem para o segundo colocado. Além disso, o time ainda faturou pela nona vez a Copa da Ucrânia.

Do lendário mineiro Alexei Stakhanov, que um dia deu seu nome ao clube, o time herdou a força e o talento. Mas nem o herói soviético imaginaria que o clube alcançaria tamanho sucesso e tantos títulos.

Donbass Arena
Dasjo - Wikipedia

O Shaktar mandava seus jogos no Shaktyor e no Complexo Esportivo Regional Olympisky até 2009, quando foi inaugurada a casa própria do clube, a Donbass Arena. A ideia de erguer uma arena moderna que atendesse aos mais altos padrões do futebol internacional surgiu em 1996, com a chegada ao clube do empresário Rinat Akhmetov. Responsável por instaurar uma nova metodologia de trabalho na agremiação, Akhmetov propôs a construção de um estádio que acompanhasse as grandes ambições do time.

A nova casa abriu suas portas em 2009, com capacidade para pouco mais de 51 mil torcedores. Construída com dinheiro do próprio clube, foi palco do Campeonato Europeu de Futebol de 2012. Em 2014, o estádio foi alvo de ataques da Guarda Nacional Ucraniana e do partido ultranacionalista ucraniano Setor Direito. Os ataques não deixaram vítimas, mas o estádio ficou parcialmente destruído (e em seguida reparado).

Mesmo com todos esses problemas, a Donbass continua firme, com sua fachada envidraçada e paisagismo elegante. Sempre linda para receber os amantes do Shaktar.





© 2018 PLAY ENTRETENIMENTO FUTEBOL CLUBE - Todos os direitos reservados.