CLUBES
Voltar
Sevilla
(Os Rojiblancos)
Fundação: 14/10/1905

Fundado em 25 de janeiro de 1890, o Sevilla F.C foi um dos times que deram o pontapé inicial para que o futebol da Espanha se tornasse um dos mais poderosos do mundo atual. O clube foi criado por entusiastas britânicos e espanhóis, como uma associação cujo único objetivo era a prática do futebol.

Pouco mais de um mês depois de sua fundação, o Sevilla jogou com o Recreativo Huelva, de quem ganharia por 2 a 0, naquela que foi considerada a primeira partida oficial do futebol espanhol.

Impulsionadas pelo sucesso do Sevilla, outros clubes começaram a nascer. Um deles, o Bétis, passaria a ser, anos depois, o grande rival do time vermelho e branco.

Em seus primeiros anos, o Sevilla enfrentaria problemas financeiros e dificuldades em se estabelecer. Josep Maria Trepat Miró, dono de uma cadeia de restaurantes chamada Tupinambá Café, passou a gerenciar e a patrocinar o clube, que conseguiu sobreviver aos percalços do início de sua história.

Em meio a brigas internas, nascimento de outras associações e rivalidades, o Sevilla foi crescendo e mostrando seu poderio frente aos adversários. No início da década de 1920, o trio de jogadores Kinke, Spencer e Brand mudou a forma de se jogar futebol na Espanha. No início da década de 1930, o time passou por altos e baixos, com temporadas proveitosas contrastando com imensas dificuldades.

A trajetória conturbada não impediu que o clube crescesse e se tornasse um dos maiores da Espanha. O primeiro time da Andaluzia que conquistou títulos internacionais e sempre revelou jogadores para as principais equipes da Espanha e do mundo.  

Ramón Sánchez Pizjuán

Em 1937, Ramon Sanchez Pizjuán, então presidente do Sevilla, comprou um terreno para construir o novo estádio do clube. Mal sabia ele que não veria em vida o seu sonho ser realizado. A obra teria início quase 20 anos depois da aquisição de Pizjuán.

O projeto do novo estádio foi selecionado por concurso, e o vencedor foi Manuel Munoz Monasterio, o mesmo arquiteto que projetou o Estádio Santiago Bernabeu.

Inaugurado em 7 de setembro de 1958, o estádio é a casa do Sevilla desde então. Seu primeiro nome foi Estádio Nervión, por conta do bairro onde está localizado, mas em pouco tempo a casa receberia o nome de seu maior idealizador: Ramon Sanchez Pizjuán.

A primeira partida oficial no novo palco foi decepcionante. Derrota por 4 a 2 para o Bétis. Mas, passado o susto da estreia, o estádio foi palco de diversos momentos marcantes do dérbi da Andaluzia. Um dos grandes momentos aconteceu na Copa do Rei de 2016, quando os dois times se enfrentaram. Na casa do Bétis, 2 a 0 para o Sevilla. Na volta, no Ramon Sanchez Pizjuan, 4 a 0, com direito a olé!

Uma das marcas do estádio é a forma clássica dos sevillanos baterem palmas — som repetido em todas as partidas do time. A capacidade atual do Ramon Sanchez Pizjuán é de pouco mais de 45 mil pessoas.





© 2018 PLAY ENTRETENIMENTO FUTEBOL CLUBE - Todos os direitos reservados.