CLUBES
Voltar
Cobresal
(Mineros)
Fundação: 05/05/1979

No norte do Chile, junto à Cordilheira dos Andes e no meio do deserto de Atacama, um assentamento de mineradores, que foi para a região atrás de suas minas de cobre, fundou a cidade de El Salvador, em 1959. A cidade fica a 2.600 metros acima do nível do mar e distante mil quilômetros da capital Santiago.

Vinte anos depois da fundação de El Salvador, surgiu um clube de futebol que se tornaria um time importante da primeira divisão chilena. O Club de Deportes Cobresal, mais conhecido como Cobresal, foi criado no dia 26 de abril de 1979 por um comitê executivo ansioso pela organização de um clube desportivo na região.

Menos de três meses depois, o Cobresal começaria a jogar partidas amistosas com times amadores de regiões próximas dali. Ainda em 1979, os Mineros fariam sua primeira partida com um clube profissional. O jogo contra Coquimbo Unido ― equipe da primeira divisão do futebol chileno que contava com o trio brasileiro formado por Liminha, Torino e Bene ― terminou empatado em 3 a 3, depois do Cobresal abrir o placar em 3 a 1.

No dia 7 de novembro daquele mesmo ano, o clube teria sua primeira conquista em partidas amistosas contra equipes profissionais, quando derrotou a equipe de Magallanes por 3 a 1 em El Salvador.

Em 1980, o Cobresal ingressou para o futebol profissional chileno. A década foi de muitas conquistas e crescimento para o clube dos Mineros. Em 1983, sob o comando do técnico Manuel Rodríguez Araneda, o clube chegou à final do Torneio Polla Gol, naquela que foi a primeira partida da equipe transmitida na televisão para todo o Chile. O Cobresal perdeu por 2 a 1 do rival Huachipato, mas nada que tirasse a vontade de jogar e de vencer da jovem equipe.

Em 1984, o time foi vice-campeão no Campeonato da Primeira Divisão. Em 1986, estreou na Copa Libertadores da América, realizando suas primeiras partidas oficiais internacionais. No ano seguinte, o time sagrou-se campeão da Copa Chile, com o craque Ivan Zamorano na equipe. Em 1988, novamente foi vice da Primeira Divisão. Nas décadas seguintes, o pequeno time se consolidaria como uma importante equipe do Chile. Em 2015, o clube se tornou, pela primeira vez, campeão chileno, garantindo uma vaga na Libertadores 2016.

palco
De Minero73 - Trabalho própio, CC BY-SA 4.0, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=43564166

Um grande estádio no meio do deserto. Com grama, terra e raízes trazidas de Copiacó, que fica a 200 quilômetros dali. Como diz o site do Cobresal, a construção é “uma verdadeira joia e um oásis no deserto”. Batizado El Cobre, o palco do Cobresal tem capacidade para 20.752 pessoas, o equivalente a quase três vezes a população de El Salvador.

Sua construção, no meio das areias do deserto do Atacama, começou em 1979. O projeto foi assinado pelo arquiteto Mario Recordón ― o mesmo que desenhou o Estádio Monumental e muitos outros estádios e ginásios no Chile. Em pouco mais de dez meses de trabalho, entre julho de 1979 e junho de 1980, a obra estava pronta.

Na inauguração, uma grande festa reuniu mais de 7 mil e 500 pessoas, no estádio que tinha capacidade para 8 mil espectadores no começo de sua história. A primeira partida, que terminou em 1 a 1, foi com o Independiente de Cauquenes.

A ampliação do estádio atendeu às exigências da Conmebol para que o clube pudesse jogar em sua casa na Copa Libertadores, em 1986. Foi por conta deste campeonato que El Cobre passou a ter capacidade para 20 mil espectadores, mesmo em uma cidade tão pequena como El Salvador.





© 2018 PLAY ENTRETENIMENTO FUTEBOL CLUBE - Todos os direitos reservados.