CLUBES
Voltar
Caldense
(Veterana)
Fundação: 07/09/1925
Um clube, um orgulho, uma tradição

A Caldense nasceu em uma loja de fotografias, a Photografia Selecta, no dia 16 de setembro de 1925. Foi lá que um grupo de amigos, que já tinha tentado criar outros clubes, decidiu fundar a Associação Atlética Caldense. A loja se tornaria a sede provisória do time.

De acordo com documentos oficiais do clube, o dia exato da fundação é 7 de setembro daquele mesmo ano. Isso porque o presidente João Porfírio Bueno decidiu mudar a data, para que ela coincidisse com a celebração da Independência do Brasil. A mudança aconteceu por meio de decisão do Conselho Deliberativo, em 1943.

A criação do novo clube causou bastante alvoroço na juventude de Poços de Caldas. Um dos grandes nomes que nasceram na cidade, e que iniciou carreira na Caldense, foi Mauro Ramos de Oliveira. Responsável por levantar a taça Jules Rimet no bicampeonato mundial da Seleção Brasileira, o zagueiro é até hoje motivo de orgulho do clube. Outro motivo de orgulho são os 57 jogos de invencibilidade entre 1960 e 1961.

Recentemente, a torcida verde e branca se orgulhou também com o campeonato de 2015 da Caldense. Uma campanha espetacular. A Veterana mostrou um futebol de primeira, passes, tabelas, força ofensiva e defensiva e ficou invicta até os minutos finais do segundo jogo da final, quando perdeu para o árbitro. O homem de preto, que validou um gol irregular do Atlético, acabou com a esperança da torcida da Caldense de comemorar mais um título invicto.

Caiu de pé, todo mundo que acompanhou o campeonato não dizia ser outro o campeão, mas no meio do caminho estava o árbitro. A torcida, orgulhosa, cantou o hino do clube e mostrou por que o lema do esquadrão de Poços de Caldas é “Um clube, um orgulho, uma tradição”.

palco
Site oficial da Associação Atlética Caldense (www.caldense.com.br)

A casa da Caldense, o Estádio Municipal Dr. Ronaldo Junqueira, homenageia o ex-prefeito da cidade. Inaugurado em 1979, o complexo foi erguido graças ao esforço de grandes empresários da região que sonhavam ver os jogos da Caldense em uma arena grande e confortável.

A festa foi tão grande com a construção do estádio, que três jogos foram marcados para sua inauguração: Corinthians, Londrina e Fluminense jogaram com os donos da nova casa. O primeiro gol da Veterana na história do Ronaldão, como o estádio é carinhosamente chamado, foi de Donizetti.

O estádio possui capacidade para pouco mais de 7 mil torcedores, mas já recebeu o dobro no jogo em que a Caldense se tornou campeã mineira em 2002. Outro jogo que ficou para a história do gramado foi o amistoso entre a Caldense e a seleção brasileira de 1982, quando o time se preparava para a Copa do Mundo.





© 2018 PLAY ENTRETENIMENTO FUTEBOL CLUBE - Todos os direitos reservados.